Trabalho intenso na fiscalização profissional


23/10/2018 12:32:30

Na terça-feira (16 de outubro) foi realizada a oitava reunião da segunda sessão da Comissão de Ética e Fiscalização Profissional (CEFISP), onde foram relatados 36 (trinta e seis) processos administrativos disciplinares que tramitam no CRECI-RS. A reunião, na sede do conselho em Porto Alegre, contou com a presença do presidente do CRECI-RS, Márcio Bins Ely.

O combate ao exercício ilegal da profissão e fiscalização das práticas irregulares de profissionais devidamente credenciados no conselho é uma das prioridades da gestão para tornar o mercado imobiliário cada vez mais saudável o produtivo. A CEFISP tem como atribuição julgar, em primeira instância, os processos administrativos originados de Auto de Infração e dar parecer quanto à absolvição ou pena a ser aplicada nos processos disciplinares decorrentes de Termo de Representação que lhe forem encaminhados pela presidência do conselho, podendo para isso diligenciar, proceder a oitivas, citações, notificações e todos os demais atos necessários ao cumprimento do seu objetivo.

No contexto do CRECI-RS, para dar mais celeridade administrativa, há três sessões da CEFISP. Cada sessão é composta por seis membros e conta com um coordenador geral que faz parte do quadro de conselheiros da gestão e tem a competência de controlar o funcionamento das turmas, além de realizar a orientação no sentido da uniformização das decisões.

No corrente ano, até o mês de setembro, foram realizadas 18 reuniões entre as três sessões da CEFISP onde foram relatados 1643 (um mil seiscentos e quarenta e três) processos administrativos, sendo 1610 (um mil seiscetos e dez) oriundos de autos de infração e 33 (trinta e três) de denúncias.

Além do presidente do conselho supracitado, participaram da reunião na terça-feira o coordenador geral da CEFISP, Sergio Sinval Pires, o coordenador adjunto da segunda sessão, Marcelo Antonio Blotta, os membros Alexandre Motola Spolavori, Janete Ferreira Nornberg, Helena Vargas Ferreira e Nadir Silveira Dias. Os trabalhos foram secretariados pela colaboradora, Ana Menezes, e o corretor de imóveis Luiz Cesar da Silva também integra esta sessão da CEFISP.


Próxima notícia


Outras noticias



Acesso rápido